Brasileira notável na Computação

image
 

A comunidade brasileira de Computação está de parabéns! A professora Clarisse Sieckenius de Souza, da PUC-Rio, é a primeira brasileira homenageada pelo projeto Notable Women in Computing, da Universidade de Duke, nos Estados Unidos.

O projeto incentiva e valoriza a participação das mulheres na Ciência da Computação, visto que a presença feminina na área ainda é bem pequena. Para isso, 54 mulheres especialistas em computação de reconhecimento internacional foram retratadas em um baralho criado especialmente para a divulgação do projeto. A professora Clarisse é o dez de espadas. Clarisse é uma das pioneiras na área de Interação Humano-Computador no Brasil e titular do Departamento de Informática da PUC-Rio (e fez parte da minha banca de mestrado!).

A homenagem foi muito bem recebida pela área acadêmica, principalmente por ter sido anunciada na semana do “Dia Internacional da Mulher”. A professora Clarisse dedicou o prêmio a todas as cientistas da computação do Brasil.

Parabéns a todas as mulheres da Computação! 🙂
[Patricia Tavares]

Usabilidade pedagógica e design de interação na EAD

Defesa de Isabella Muniz (PUC-Rio, 2015)

Esta foi a defesa de doutorado da minha co-orientanda da PUC-Rio, a professora Isabella Muniz. Isabella desenvolveu uma consistente e aprofundada pesquisa envolvendo aspectos conceituais, metodológicos e práticos do Design de Interação aplicado à Educação a Distância, com contribuições à teoria da Usabilidade Pedagógica. Sua banca de defesa (na foto, pela ordem, os professores Guiseppe Amado, Eduardo Ariel, Gilda de Campos, Isabella Muniz, Sophia Roslindo, Luiz Agner e Luis Antonio Coelho) aprovou a sua tese com louvor. Parabéns, Isabella! Agradeço a você pelo convite da co-orientação e igualmente ao prof. Luis Antonio pela oportunidade que me deu de participar desta bela pesquisa.

A tese da Isabella tratou da interação mediada por ferramentas de comunicação e colaboração em ambientes virtuais de aprendizagem, dentro do contexto da educação a distância (EAD), partindo do olhar da usabilidade pedagógica e do design da interação. O estudo tem como objetivo localizar necessidades e questões que podem influenciar o uso de ambientes virtuais de aprendizagem para o planejamento e a implementação de estratégias pedagógicas colaborativas, a partir de relatos de docentes. Foram realizadas entrevistas não-diretivas com profissionais da EAD para fundamentar o desenvolvimento de cenários que serviram de temas para a técnica da entrevista baseada em cenários, com docentes tutores.

Os resultados expõem o crescimento do papel da tutoria em EAD nos modelos pedagógicos que propõem estratégias de ensino colaborativas, acarretando a necessidade de sistemas que apoiem as tarefas do tutor dentro dos ambientes virtuais de aprendizagem.